O Fotógrafo é um viajante

Como um viajante... Deslumbrado com tudo, apegado a nada.

É assim que um fotógrafo deve ser. Enquanto trabalha, mas também na sua vida pessoal.


Deslumbrado com tudo - Porque ele está maravilhado com a vida, e com o mundo que o rodeia.

Porque ele consegue ver beleza onde os outros não vêm. E quer partilhar essa visão e entusiasmo com o mundo. É esse entusiasmo que dá vida ao fotógrafo e que impulsiona o seu trabalho.

E é a preservação desse entusiasmo que dá longevidade à sua obra, e que porventura transforma um mero fotógrafo num Mestre.


Apegado a nada - Quando mais desapegado o fotógrafo é, melhor a sua fotografia vai ser.

O "apego" a um momento implica a desconexão ao Todo. Desapego significa que aceitamos a pessoa ou a situação tal como ela é, desinteressadamente, sem projetar a nossa própria vontade ou emoção. Aí sim o fotógrafo estará livre e conseguirá captar a essência do momento da forma mais natural e pura possível.


Nuno Palha

5 Agosto 2022